Dicas para fazer uma reforma que atualiza e valoriza o apartamento

Tomadas que soltam faíscas a cada uso, encanamento que vive dando problema e aquela aparência antiga, que lembra reprise de novela? Realmente seu imóvel precisa de uma repaginada. Não desista antes de começar, nem sempre é necessário quebrar tudo. Faça uma reforma que atualiza e valoriza o apartamento seguindo as nossas 7 dicas.  

reforma que atualiza e valoriza o apartamento
(Foto: Shutterstock)

1 – Comece pela base 

Ao decidir pela reformapense na estrutura primeiro. Veja se há rachaduras para arrumar, impermeabilização a fazer. Verifique completamente as instalações elétricas e hidráulicas, para depois mexer no resto. Essa parte é fundamental para uma reforma que atualiza e valoriza o apartamento. 

Apartamentos antigos não têm a quantidade de pontos elétricos que precisamos hoje. Então, além do aumento no número de tomadas, o quadro de luz e toda fiação devem ser refeitos de acordo com a nova realidade, para evitar sobrecargas ou curtos”, explica a arquiteta Danielle Dantas. 

O mesmo cuidado ela orienta para a tubulação antiga, que deve ser trocada. “Evita problemas futuros e até perda de novos revestimentos. É importante deixar essa reforma de base registrada de forma clara, mostrando tudo o que foi feito. No caso de uma venda futura, isso valoriza bastante o apartamento”, diz a arquiteta.  

2 – Mude o banheiro 

Os banheiros dizem muito a respeito do apartamento. Azulejos e louças antigos denunciam que o empreendimento é do tempo da vovó. As visitas, acredite, sempre reparam no banheiro. Então, depois de mexer na base citada na dica 1, de uma cara nova para esse ambiente. Trocar o vaso sanitário e a cuba já ajudam a deixar o espaço mais moderno. 

“Se os azulejos não estiverem fofos ou soltos, existem materiais que podem ser aplicados sobre eles. Resina ou pintura epóxi, por exemplo. Outra forma é cobrir com materiais autoportantes, como painéis metálicos ou de madeira com tratamento adequado, placas de MDF com fórmica  ou  drywall. Existem placas de gesso resistentes à umidade”, ensina a arquiteta  Paula Passos.  

Para o chão, diz ela, há porcelanatos com apenas  três  milímetros de  espessura que podem ser aplicados sobre pisos já existentes, sem dar problemas em alturas de soleiras ou portas. Ou também pisos vinílicosque podem ser sobrepostos a outros pisos”.  

3 – Modernize a cozinha 

Não precisa derrubar a parede e fazer uma cozinha americana. Para uma reforma que atualiza e valoriza o apartamento, basta mexer em alguns pontos desse ambiente. Um item dispensável hoje é o revestimento. Foi o tempo que era importante colocá-lo até o teto.  

“Não precisamos ter cerâmica nas paredes da cozinha. Podemos pintar ou instalar revestimento tipo fórmica. Isso já traz modernidade ao ambiente. Outro ponto rápido e com baixo custo é a iluminação, que pode ser trocada por perfis mais estreitos e com luz adequada”, afirma a arquiteta Pati Cillo. 

Lembre-se que há um conceito clean hoje nas cozinhas. Espalhar muitos eletrodomésticos e colocar utensílios pendurados é coisa antiga. Até o escorredor de louças está ficando ultrapassado, mesmo com toda utilidade.  

 4 – O prático papel de parede 

 Uma mudança em qualquer ambiente, sem muito trabalho. O papel de parede está sempre em alta, pode usar e abusar. Atualmente, existe uma gama infinita de opções e modelos de papéis de parede.  

“Eles têm um poder enorme de transformar os ambientes de forma rápida e simples, sem sujeira ou quebra-quebra. Podem ser usados até nos tetos. Também existem adesivos desenvolvidos para áreas molhadas que podem decorar os banheiros”, ressalta a arquiteta Danielle Dantas.  

5 – Pintura bem feita 

Pesquisar e usar cores que são tendência sempre trará modernização e é fundamentais para uma reforma que atualiza e valoriza o apartamento. Em ambientes internos, é indicado o uso de tinta látex ou PVA, para tetos e paredes. 

“Na parte interna do apartamento, prefiro o acabamento fosco. Para pintar portas e janelas de madeira, gostmais dos esmaltes sintéticos com acabamento acetinado. Para áreas úmidas ou molhadas, a tinta epóxi é bastante indicada e tem alto grau de impermeabilização e resistência”, diz a arquiteta Paula Passos.  

6- Iluminação nova 

A luz muda tudo. Ambientes bem iluminados chamam a atenção e valorizam o imóvel. Por isso, o ideal é que a iluminação seja planejada e direcionada juntamente com o projetoantes do início das obras.  

“A iluminação vai transmitir corretamente as sensações e usos necessários em cada ambienteÉ peça fundamental num projeto de arquitetura, sem ela os ambientes ficam monótonos, sem destaques ou dramaticidade. É importante priorizar uma iluminação funcional, mas que esteticamente também faça a diferença no ambiente”, detalha Danielle.  

7 – Trabalhe com gesso 

Drywall pode ser uma forma mais rápida e limpa para transformar ou construir um novo ambiente. Ele pode, inclusive, receber  isolamento  acústico internamente para dar maior privacidade aos ambientes. É um material leve, com espessuras menores que alvenarias convencionais. 

“Permite instalações hidráulicas e elétricas na sua montagem. E pode receber vários acabamentos decorativosSeja uma simples pintura colorida para trazer nova vida ao ambienteseja um papel de parede estampado com muita personalidade ou uma composição de quadros”, destaca Paula.  

Se interessa por este imóvel?

Então envie-nos seu nome, email e telefone para que possamos fazer contato e lhe passar todas as informações sobre este imóvel.

Sim
x

Parceria

Se você é corretor e está em busca de imóveis no exterior para ofertar aos seus clientes, preencha as informações abaixo para saber como podemos ajudá-lo.

x

Newsletter

Receba ofertas exclusivas da PHD Imobiliária